MÃES DA VIDA REAL - Coaching em Grupo

O Poder dos Pais      Jacqueline Vilela • 29 Janeiro 2016

 

"Uma alma feminina pode ficar tão cheia de dor, que congela.

Congelar significa esconder os sentimentos para ela e para os outros.

Algumas mulheres agem como se não demonstrar o que sente fosse um grande feito.

Não é. É um ato de pura defesa. A alma não reage ao gelo, mas ao calor.

A frieza é o beijo da morte para os relacionamentos, para a criatividade, para a vida.

Sabe-se que o que está em movimento não congela. Por isso, mexa-se. Vá em frente.

Descubra-se. Investigue-se. Reinvente-se. "

Inspirado no livro Mulheres que Correm com Lobos


Um convite especial, um grupo de coaching para as mães reais...

 

Olá, esse é um convite muito especial para você. Estão abertas as aplicações para o Coaching em Grupo "Mães da Vida Real".

 

Esse convite só se aplica a você se você é MÃE e...


... está pronta para uma grande transformação na sua forma de sentir o mundo;


... está cansada de se sentir calada à força, desestimulada, sem expressão, sem ânimo, frágil, reprimida e instável emocionalmente e quer voltar a se sentir livre e feliz;


... sente-se impotente, insegura, hesitante, bloqueada, superprotetora de si mesma, incapaz de fixar limites e sofrendo por viver em desacordo com o seu interior;


... quer parar de viver se preocupada com a opinião alheia e com medo de procurar ajuda de pessoas próximas por causa do julgamento;

 

... quer eliminar os excessos da sua vida porque percebe que se deixa levar pelas tarefas da casa, pelos cuidados com o filho, ou se deixa envolver exageradamente no intelectualismo, no trabalho ou na inércia, porque esse é o lugar mais seguro para quem congelou, ou seja, quer parar de exagerar em uma área e se desequilibrar nas outras e deixar de se sentir culpada por isso;

 

... estiver disposta a eliminar os pensamentos sabotadores que te levam a agir de uma maneira que você não aguenta mais;

... percebe que desconta as suas frustações em compras pra você ou para o seu filho, em comida ou em outros meios de conseguir preencher o vazio;


... não consegue estar 100% inteira para o seu filho e se sente culpada por já ver nele comportamentos indesejados;

 

... ama o seu filho(a) e quer aprender ferramentas para não deixar ele cair na mesma armadinha que você;

 

... quer se conectar com você mesma e descobrir a sua essência;

 

... está disposta a investir tempo e dinheiro em você mesma para atingir tudo isso; 

 

... está aberta a aprender e deixar ir o passado e entende que ser uma mãe real te libertará;

 


Se você não se identificou com nenhuma das frases acima, o meu convite não é para você e a gente vai continuar se falando por aqui, pelo youtube e pelo periscope. Sem problemas…

Na verdade, eu até sugiro que você pare de ler agora. Não tem sentido você ir adiante.


Mas se você se identificou com uma ou mais dessas frases, continue lendo, porque este email poderá transformar sua vida para sempre.

 

Siga adiante se fez sentido para você...

 

Antes de te explicar como funcionará esse lindo grupo, eu quero te contar o que me motivou a criá-lo...

Em 2010 eu decidi fazer uma formação em coaching para resolver uma questão profissional. Lembro de ter perguntado se eu não podia fazer apenas o Executive Coaching (módulo executivo) e de ter ficado extremamente irritada com a negativa do rapaz do outro lado da linha.

Para fazer o módulo do Executive, eu teria que passar pelo módulo de Life Coaching e eu achava tudo aquilo um desperdício de tempo. Eu estava bem-sucedida profissionalmente, tinha uma filha de 02 anos e um marido maravilhoso e é claro que eu não precisava de um coach pra mim...

Na verdade, eu achava que o Life Coaching seria tipo autoajuda pra pessoas confusas que não tinham a capacidade de se orientar sozinha e eu tinha, muito cedo, aprendido a me virar bem.

Mas o que eu tenho para te dizer a partir daqui muda completamente o rumo dessa história: - A verdade é que passando pelo processo eu mudei completamente.

Sabe o trecho de um livro que eu coloquei no começo deste e-mail? Então, eu era uma mulher assim, congelada em muitas partes da minha vida.

Durante o Life coaching eu chorei muito descobrindo coisas sobre mim, sobre os meus sentimentos e senti muita vergonha de me expor nos exercícios. Lembro de ficar pedindo desculpas o tempo todo para as pessoas (na verdade hoje eu sei que era pra mim).

Ao mesmo tempo que eu me senti muito envergonhada, eu também me senti muito acolhida quando percebi que o coaching não julga, aliviada quando eu pude relatar que eu me angustiava quando a minha filha pedia para brincar comigo e eu tinha um monte de coisa pra fazer e completamente livre porque naquele ambiente eu não tinha ninguém olhando torto para mim, apontando o dedo e querendo que eu fosse perfeita.

Depois dessa experiência transformadora eu não parei mais. Eu decidi fazer o MBA em coaching e me aprofundar ainda mais nas emoções e no universo de Pais e filhos. Desde então eu amo transformar as vidas das mães.

Eu descobri pelo meu processo que a alma feminina pode se sentir roubada em algum momento da vida: roubada de amor, de autoestima, da identidade. E uma alma cheia de dor perde o que nós temos de mais lindo: a intuição aguçada, a criatividade, o espírito brincalhão e a devoção.

Sobra muitas vezes apenas 01 característica: O instinto ferido e assustado. E é por isso que quando nos tornamos mães acabamos com uma grande preocupação com os nossos filhos, a ponto de esquecermos de nós mesmas.

A mulher moderna é um borrão de atividades. Ela sofre pressão (inclusive dela mesma) de ser tudo para todos. Eu, por exemplo, tinha a necessidade enorme de provar o meu valor no trabalho e, quando me tornei mãe, me senti confusa e sem apoio.

Todos os comerciais diziam que era maravilhoso, amor à primeira vista e que eu teria uma criança feliz e dócil em casa. A prática não era assim, o filho que você idealiza vem diferente, com manias, birras, com vontade própria (vejam só) e eu não tinha coragem de me abrir com ninguém. Então, na falta de me abrir, eu me fechava ainda mais. Eu amava a minha filha, mas alguma coisa dentro de mim não ia bem e eu não sabia o que era, até passar pelo processo de coaching...

Desculpe o e-mail mais longo. Eu preciso que você entenda essa parte da minha porque hoje, Janeiro de 2016, me pego pensando em como a minha vida mudou completamente!

Eu me especializei em Coach de Pais e Filhos, atendi muitos jovens e pais, criei o Laboratório de Talentos, Lancei o Programa Pais Parceiros e o Programa Emoções que Falam, entrei em dois Mastermind, participei de vários congressos e escrevi dois livros!

Mas o mais libertador pra mim foi descobrir que eu podia me sentir inteira sendo mãe, esposa e profissional junto, sendo exatamente EU.

Eu descobri que eu não precisava mudar o meu jeito de SER e sim o meu modo de SENTIR.

Se você me perguntar se foi fácil…

Eu te respondo: nem um pouco. Mas foi possível e transformador! O vazio que eu sentia foi preenchido por uma energia sem fim, por uma mãe mais inteira e menos estressada, por uma mulher mais calma por dentro, inteira e imperfeita!

O Coaching te dá essa liberdade porque tem ferramentas que respeita o fato de que cada mulher precisa se desenvolver e florescer de um jeito que faça sentido para ela.

No meu caso eu era uma mãe urbana, uma mãe que amava trabalhar. E tudo bem. Eu me tornei uma mãe inteira porque entendi o meu processo.

Olha, eu era a rainha dos cursos. Fazia um monte desses de desenvolvimento pessoal. Mas não me sentia completa, pelo contrário, só me sentia mais desconectada. E eu te falo isso porque talvez pra você seja assim, entramos em uma busca sem sentido por algo que nos conecte ou que nos tire desse estado.

A minha jornada de transformação só foi possível por causa do coaching e eu sou grata todos os dias por ele ter entrado na minha vida.

Por causa dessa gratidão pela minha transformação, faz tempo que eu queria criar um grupo de mães. No presencial eu já aplicava a metodologia do World Café (onde mães se reúnem em torno de um assunto comum) e era mágico. Mas até o ano passado eu ainda tinha muitos compromissos individuais e estava envolvida em muitos projetos. Só que neste ano eu senti que precisava ajudar as mães da vida real, aquela que não é perfeita, que erra e que, algumas noites, chora por se sentir incapaz de dar conta.

Eu quero aquela mãe que pode falar que está de saco cheio, cansada, estressada com os filhos, com o emprego ou com a vida e que será acolhida, confortada e amparada em um grupo lindo, que não vai julgar e sim acolher e ainda se transformar junto.

Eu quero aquela mãe que tem conflitos reais, absolutamente normais para a vida cotidiana, mas que por diversos motivos continua a acreditar que não é suficientemente boa.

Juro que preciso te explicar só mais uma coisinha, rs..

Todo o meu MBA em Coaching foi presencial. Você já deve ter percebido que eu era meio cética para algumas coisas e uma delas era cursos online.

No ano passado eu comecei a me inserir nesse mundo. Motivo: Eu moro em SP, trânsito infernal todos os dias, e isso estava me impossibilitando de atender e ajudar mais pessoas, então eu decidi testar. Antes de testar nos meus coachees, eu testei em mim.

Comprei alguns cursos online e decidi participar de um grupo de coaching online sério, para ver como era. Amei tudo. Percebi que é possível criar conexão com as pessoas a distância e isso me abriu um mundo de possibilidades.

 

Como funcionará o grupo de Coaching

 

Ser coach me mudou tanto que eu não consigo me imaginar sendo outra coisa. E o coaching em grupo tem o poder de potencializar muito todo o processo porque te conecta com outras mães reais, que assim como você querem se TRANSFORMAR e não sentir mais essa solidão da incompreensão.

E é com essa intenção e força que eu estou abrindo um grupo de Coaching online, o " MÃES DA VIDA REAL". Isso mesmo...REAL MOM. Porque é exatamente isso que eu quero que você sinta quando entre nele, um ponto de apoio onde você fique segura e confiante de que já possui todas as ferramentas para ser mãe e mulher.

A intenção desse grupo de coach é unir mães que queiram, assim como eu, trocar experiências sobre a maternidade e sobre superação, sobre emoções e sobre libertação, sobre como lidar com o tempo curto, sobre como abrir um espaço na vida para cuidar de si mesma e sobre como dar conta da vida sem se sentir esgotada e culpada na maior parte do tempo.

Somos mães reais, então vamos errar e aqui é permitido … não tenha dúvidas disso. Mas aqui também você vai se resgatar não apenas como mãe, mas como mulher. Vai perceber que desse resgate surgirá uma alma criativa, uma energia que te dará condições de ser uma melhor mãe e profissional, porque é de dentro pra fora que vamos nos reconstruir.


Esse é um convite muito especial: quero dividir com você tudo que aprendi e tenho aplicado com as minhas clientes individuais para que elas e vivam a vida com a plenitude e intensidade que elas merecem.


Quero pessoalmente ensinar meu método a um pequeno grupo de pessoas: todas as técnicas e ferramentas que eu mesma usei na minha vida e uso diariamente no meu trabalho como Coach. É um treinamento intenso que vai te sacudir e te colocar em ação em busca do seu equilíbrio e da realização de todos os seus sonhos, de mãe e mulher.

 

Serão 8 sessões online, com cerca de 60 minutos, inicialmente serão semanais e as últimas quinzenais.


Quero que você tenha uma das jornadas de transformação e autoconhecimento mais bonitas da sua vida ao longo dos dois meses de trabalho. Quero que você comece 2016 cheia de energia, esperança e novos planos para você e para a sua família. E, por isso, o grupo vai ter apenas alguns poucos Coachees, somente aqueles que sentem no coração que está na hora de fazer uma grande mudança.


O objetivo do Coaching em grupo é colocar a mão na massa, agir, aprender e praticar as novas habilidades e ferramentas pra você se organizar por dentro e por fora. Do mesmo jeito que aconteceu comigo a 5 anos atrás….


Como você já deve ter percebido, este grupo não é para qualquer um.

 

Ao longo desse ano, eu já investi seguramente mais de 90 mil reais em cursos, treinamentos e certificações em coaching e desenvolvimento pessoal. Eu vou colocar todo o meu conhecimento trabalhando por você. Pela sua transformação. E no seu caso você ainda conseguirá ver a transformação dos seus filhos, porque eles são os nossos espelhos, ou seja, o benefício é dobrado!


Se você sente que este é seu momento de se superar, retomar as rédeas da sua vida de volta nas suas mãos e fazer de 2016 o SEU ano, você é minha convidada a fazer parte desse grupo exclusivo de mulheres que querem se reinventar sem culpa, de mães que são mulheres e que sabem que se acionarem o potencial feminino conseguirão fazer muito mais por suas vidas e pelos filhos.


E como fazer pra participar?

NO MOMENTO AS INCRIÇÕES ESTÃO ENCERRADAS.

 

Mas você pode preencher esse formulário que está nesse link:


Preencha o formulário clicando aqui

 

Após o preenchimento você receberá um e-mail onde eu informo a previsão para as próximas turmas.

 

Te vejo na próxima turma!