A Importância da Família

O Poder dos Pais      Jacqueline Vilela • 11 Dezembro 2016

Ultimamente eu tenho participado de muitos eventos e na fala de todos os palestrantes sempre surge uma palavra: FAMÍLIA. 

Alguns agradeceram a família, mencionando o quanto o apoio do pai, do marido ou da esposa foram cruciais para chegarem onde estão. Outros contaram histórias de perdas, de avós, de pai, de alguém amado da sua família e que provocou muitas mudanças de vida.

Recentemente tivemos vários episódios de acidentes fatais que mobilizaram o Brasil e o Mundo e em todos eles as famílias tiveram papel de destaque como o alicerce, como o centro. A própria apresentadora Xuxa, que teve problemas no avião, disse que naquela hora de pânico só pensava na mãe e na filha.

Não importa o que você faz. Não importa o quão importante você seja ou o quanto as pessoas te admiram (ou não te admiram), no final, se você não consegue o respeito da sua própria família as coisas não farão muito sentido.

Acredite, no final é isso o que importa: O quanto estamos sendo importantes não para quem vê o nosso palco, mas para quem está conosco nos bastidores.

Não importa o que você faz. Não importa o quão importante você seja ou o quanto as pessoas te admiram (ou não te admiram), no final, se você não consegue o respeito da sua própria família as coisas não farão muito sentido.
A nossa família exerce um papel importantíssimo na nossa vida, mas por estarem nos "bastidores" muitas vezes não recebe a atenção devida.

No palco da vida, tratamos bem os amigos, os fornecedores, os clientes, o chefe e pessoas que encontramos nos eventos, nos cursos, no "social".

E então hoje eu trago uma reflexão: Como você tem tratado os seus filhos? Qual importância você tem dado para a sua familia? Seu companheiro (a)? 

O quanto de energia hoje você coloca nessas relações? O quanto você investe para descobrir meios de se relacionar melhor, de se sentir contribuindo na sua família, para se sentir orientando o seu filho, para
sentir que a sua família floresce porque você está lá cuidando do jardim?

O quanto você sabe buscar apoio? O quanto você sabe dizer não?
O quanto você sabe falar o que sente e ser compreendida? O quanto você se sente valorizada(o) pela sua família?

Muitos não enxergam isso. Muitos vivem a vida para agradar pessoas externas, para se mostrar competente no trabalho, nos estudos. Mas não investem tempo e dinheiro para ser competente na área que mais importa: a Família.

Quer Superar

O seu bastidor é o que você tem de mais precioso. É para ele que você volta depois de um dia exaustivo de trabalho.

E para as mães que cuidam desse bastidor, olhe como o seu papel é importante! O cuidar com maestria é um trabalho.


Sim! O mais importante da sua vida.

Cuide do seu bastidor. Valorize o seu filho. Invista no seu filho.


Invista nas relações familiares porque é essa relação que vai te trazer a paz que você tanto quer. Não é o dinheiro, a fama, os tapinhas nas costas e o sorriso de quem não convive com você.

Não é aquele seu chefe que fala o quanto você é maravilhosa(o) e competente no seu trabalho. Não é. 

O que vai te trazer paz é o quanto você se sente preparado e competente para gerir a sua família.

E você? Se sente preparada(o)? O que falta?

Me responda artigo dizendo o que ainda falta para você se sentir uma mãe ou um pai seguro e completo no seu papel.

 

PS: Para você que tem filhos adolescentes na família, conheça o Programa Meu Filho Cresceu, e Agora? Clique na imagem abaixo:

2 2

 

Leia também os artigos:

Carta para uma mãe de adolescente 

Super conectados: A goleada das tecnologias sobre os nossos filhos

Sobre adolescência, escolhas e nudes